A insatisfação com a aparência das orelhas é uma preocupação que atinge homens e mulheres em diferentes fases da vida, E pode ser bastante ruim para crianças e adolescentes. A boa notícia é que esse quadro não é complexo de ser revertido. A Otoplastia é um tipo de cirurgia plástica que garante a melhora na aparência das orelhas para uma melhora significativa na autoestima. Porém, você sabe exatamente quais partes da orelha é que podem ser modificadas?

Quando as crianças passam a desenvolver por completo o próprio corpo e a entender aspectos físicos e estéticos, as cobranças e comparações com os demais surgem como um dilema para a própria criança e também aos pais. Não são poucos os casos de meninos e meninas que possuem a famosa orelha de abano, que se  caracteriza por uma orelha mais afastada da cabeça, o que deixa o órgão proeminente e bastante visível. Se o posicionamento das orelhas é um incômodo a realização da cirurgia de Otoplastia é a solução. Porém, é importante levantar alertaS dos perigos e cuidados em relação ao desenvolvimento total das orelhas das crianças.

A realização da cirurgia de Otoplastia em crianças é indicada a partir dos seis ou sete anos de idade. Período esse no qual a orelha está desenvolvida e podemos observar se apresenta algum formato incomum na sua formação. O procedimento de Otoplastia acontece em crianças com a utilização de anestesia geral, enquanto em adultos pode acontecer com anestesia local ou sedação. É bastante importante salientar que os pais devem cogitar a possibilidade de realização da cirurgia quando e somente a própria criança manifestar algum incômodo com as orelhas.

Além de crianças, também são frequentes os procedimentos de Otoplastia em adolescentes e em adultos. São cirurgias faciais de menor complexidade, dependendo de quais alterações esiverem presentes, com tempo curto de recuperação e que causam um período mínimo de afastamento do trabalho ou de suas atividades do dia a dia.

Faça sua Otoplastia com médicos qualificados, com treinamento especializado, que ofereçam técnicas duradouras, que primem pelas melhores orientações em todos os estágios do procedimento. No consultório Kurahashi Melo você encontra o suporte necessário e em todos os momentos, desde a consulta, passando pela realização da cirurgia e no pós-operatório.

Agende um horário e tire todas as suas dúvidas sobre a Otoplastia.

Leia mais sobre o tema Otoplastia:

É necessário fazer otoplastia nas duas orelhas?
Como funciona o pós-operatório da otoplastia?
O que é possível modificar com Otoplastia?

A realização de uma cirurgia como a Otoplastia faz surgir inúmeras dúvidas sobre a preparação para o procedimento e o processo de recuperação. O pós-operatório pode ser ainda mais preocupante, já que afeta diretamente o resultado da cirurgia plástica. A verdade é que esse período requer cuidados e quando realizados da forma correta, podem superar as expectativas. Para esclarecer a suas maiores dúvidas, o Consultório Kurahashi Melo lista todas as fases do pós-operatório da Otoplastia:

A rinoplastia é um procedimento que todos aqueles que estão insatisfeitos com o formato do nariz procuram com urgência. Apesar da preocupação com a realização da cirurgia em si, o maior receio dos pacientes está relacionado ao processo de recuperação que segue a rinoplastia. Para tirar todas as suas dúvidas, o Consultório Kurahashi Melo lista as etapas do pós operatório.

Quando as crianças passam a desenvolver por completo o próprio corpo e a entender aspectos físicos e estéticos, as cobranças e comparações com os demais surgem como um dilema para a própria criança e também aos pais. Não são poucos os casos de meninos e meninas que possuem a famosa orelha de abano, o que deixa o órgão proeminente e bastante visível. Se o posicionamento das orelhas é um incômodo a realização da cirurgia de Otoplastia é a solução...

O tamanho da sua orelha incomoda você? Bem, saiba que você não é o único preocupado com a estética do seu rosto. Além de ser um incômodo, o tamanho e também o formato das orelhas mexe diretamente com a autoestima de muita gente. Seja porque são pequenas demais, muito grandes ou porque possuem alguma imperfeição.

A rinoplastia é feita em ambiente hospitalar, com anestesia local e sob sedação, que é aplicada justamente no local onde será realizada a cirurgia. Dessa forma, o paciente não sente dor alguma.

A rinoplastia é realizada com anestesia local e sedação, em ambiente hospitalar, o que diminui os riscos operatórios e auxilia o paciente para que ele tenha melhor recuperação, já que não é necessária intubação. Ou seja, o pós-operatório torna-se mais fácil.

Essa é outra grande preocupação de quem pensa em recorrer ao procedimento. Afinal, nada seria mais frustrante do que investir em um tratamento cirúrgico estético que não fosse permanente, não é mesmo?

Embora não haja uma idade mínima para fazer a rinoplastia, existem outros fatores que devem ser levados em consideração antes de optar pelo procedimento quando ainda se é muito jovem.